Carmelo

Hoje vi como estava desatualizado meu blog, sempre colocando só coisas rápidas nas redes sociais, resolvi atualizar algumas coisas.

Vou começar por Carmelo que estive lá em junho. Fomos, eu, meu marido e um casal de amigos e a proposta era comer e beber bem. Em Carmelo o forte são as vinícola e pode fazer um passeio pela orla e parques.

Para começar nos hospedamos no Porto Djama Hotel Boutique, muito charmoso com um excelente quarto e um atendimento muito simpático. O hotel tem uma piscina externa e uma pequena aquecida para os dias frios.

Fica no Balneário Zagarzazú, uma vila turística com pequenas casas de veraneio e próximo às vinícolas.

A vinícola que fomos desta vez foi a Narbona. Fomos para almoçar mas como já eram mais de 16h e não era mais horário de almoço, então resolvemos conhecer a vinícola, a pousada e ficamos petiscando e tomando vinhos até ser liberado o jantar. A comida é excelente. O vinho top deles é o Luz de Luna. Além dos vinhos temos yogurtes, queijos e o doce de leite entre outros doces.

Além da Narbona, nos hospedamos há alguns anos na Campo Tinto que também tem um excelente restaurante, caso queira conhecer. Passe no Armazém de La Capilla, e conheça seus doces e conservas.

Depois de passear na orla e nos parques vá conhecer o artista Castro com suas obras. O Museu da madeira. Fica na Zorrilla de San Martim, 373. Nos fundos de uma loja de ferragens e presentes. Ele é uma simpatia e faz questão de mostrar todo o museu e contar as histórias de cada peça. O horário é de 9h às 17h. Vale muito a visita.

Deixar uma resposta